segunda-feira, 23 de abril de 2012

Posts sobre o BORDERLINE

Meninas eu to mto deprê não quero falar de mim, então vou copiar dois post de um blog que eu a-do-rei que é sobre o bordeline. Muitas aqui tem este diagnóstico...

O primeiro fala sobre o obesidade, sei que tem algumas aqui que como eu são MESMO OBESAS (desculpem as que tem peso normal ou abaixo que se sentem gordas, mas estou me dirigindo as que tem sobrepeso pra cima... eu tenho obesidade grau 1 e quando comecei i blo tinha obesidade móbida). Então lá vai o primeiro:

A Obesidade & A Linguagem do Corpo
A gordura é o casulo que a pessoa cria, inconscientemente, para se proteger e se esconder dos problemas externos.

Pessoas muito sensíveis, que se deixam magoar com facilidade, buscam se proteger atrás da gordura, que representa a maciez de um abraço.

Muitas vezes a gordura é uma forma convenientemente usada para se conseguir certos benefícios, como atrair a compaixão de outras pessoas, deixar de trabalhar naquilo que não gosta, escapar de certas obrigações que limitam sua liberdade e até mesmo testar o amor e a fidelidade do cônjuge.

Mais uma vez vemos que o perigo está em nossa mente, não no mundo em que vivemos, e nem nos alimentos que comemos.

Faça um "regime" nos seus pensamentos e limpe toda essa amargura. Viva tranqüilamente e sem se sentir ameaçado. Ame profundamente a todos e você perceberá que, como resposta, receberá mais amor dos outros.

Pare de guardar mágoas e ressentimentos. Chega de discutir gratuitamente com as pessoas, pois cada uma delas luta pelas suas razões e você pode sair machucado. Apenas aja com docilidade e poder e não deixe que as diferenças de vida e opiniões o aflijam.

Atenção: quanto mais você "engolir" e guardar mágoas, mais seu corpo engordará.

Para você superar definitivamente essa dificuldade de emagrecer terá de compreender que toda expectativa gera frustração.

Por isto não fique esperando acontecer o que você deseja, nem queira que as pessoas sejam como você ou lhe dêem aquilo que tanto você almeja. Saia já dessa postura de vítima e perceba o tamanho do seu próprio poder.

Ninguém é responsável pelas suas fraquezas ou fracassos. Tudo depende exclusivamente da sua postura diante da vida e dos acontecimentos.

Passe a agir como adulto e mostre seus verdadeiros interesses a quem é importante para você.

Tenha coragem de mudar seu comportamento e ser você mesmo. Se você não está encontrando em sua memória nenhum registro pelo menos semelhante ao que estou dizendo, certamente é porque seu subconsciente abraçou com muita força alguma mágoa antiga e continua a protegê-la, pois para ele não existe "tempo".

Tenha calma porque com ele (o subconsciente) nós devemos agir despreocupadamente e mandar mensagens positivas e constantes, até que ele perceba que as defesas contra o passado são inúteis.

As mensagens que você pode enviar ao seu subconsciente são pensamentos e condutas contrárias ao que está vivendo hoje. O importante é sair logo desse círculo vicioso que ainda está impresso em sua mente inconsciente.

Pratique um esporte ou faça exercícios. Torne seus pensamentos mais ativos e coloque em prática as suas decisões. O mundo espera você para agir com ele. Transforme essa gordura em energia, sacudindo a poeira do passado e olhando para frente. Rápido!

No começo tudo pode parecer difícil, mas depois você amará os novos hábitos e a sua nova personalidade.

Vamos, acorde! Organize-se! Tudo depende só de você!

Chega de arrumar pretextos pois isto só vem provar que você está realmente tendo alguma conveniência em ser gordo. Busque o que você deseja, sem prejudicar sua saúde e sua beleza.

E, definitivamente, tente compreender que quando nos magoamos com algo é porque estamos sendo egoístas em querer que tudo seja do nosso jeito. Liberte-se dessa tendência e aceite as pessoas como elas são.

Seja você mesmo e não se permita pensamentos negativos.

Eleve-se a cada dia com bons sentimentos em relação à vida e cresça cada vez mais dentro da evolução espiritual, sem mágoas, sem medos, nem desconfianças.
Vejo que algumas meninas usam MUITO LAX nesta vida, e um outro post deste blog, que fala de bordeline mas fala da vida da menina enfim é sobre o INTESTINO... eu achei MUITO legal então lá vai o segundo:
Nutrição & Estado Emocional - Os Neurônios Intestinais


por Henrique Trejgier

A alimentação está relacionada com os estados emocionais.

O nº de neurônios do intestino é igual ao nº de neurônios do cérebro: 100.000.000.000 mais precisamente 86.000.000.000 (86 bilhões) em média.

Cada neurônio chega a realizar 1000 sinapses. Isto gera uma rede de 86 trilhões de pontos em média.

Agora, o numero de combinações destas 86 trilhões de sinapses é descomunalmente imenso.

Seria a operação 86 tri fatorial.

Ou seja: (86x10^9)x(86x10^9 - 1)x(86x10^9 - 2) x(86x10^9 - 3) x(86x10^9 - 4).....

Para entender a operação dou como ex. 5fatorial = 5x4x3x2x1 = 120

Portanto a quantidade de combinações da rede neuronal do cérebro é muito maior que número de estrelas no universo conhecido.

A referencia cientifica é de Helion Povoa: O cérebro desconhecido e do livro: Saúde & Beleza Forever, de Mônica Lacombe Camargo

E por isso o intestino é chamado de 2º cérebro. Aliás as dobras e sulcos do cérebro lembram bem o jeito que os intestinos se montam no abdômen.

Sabemos que estes neurônios intestinais são usados para perceber o tipo e a quantidade de comida para sinalizar ao cérebro estas informações e este por sua vez ordenar as diversas glândulas a liberar as enzimas certas, na ordem certa e na quantidade certa.

Mas, eu sei, sem provas cientificas, mas perceptuais minhas e de pessoas do meu convívio, que a alimentação altera os estados emocionais. Tanto pelo nutrientes em si, quanto pela reação dos intestinos aos alimentos ingeridos.

A relação do cérebro com os intestinos, embora há muito conhecida pelos grandes códigos de medicina, como a ayurvédica, a chinesa e a tibetana, vem sendo descoberta pelos cientistas.

O aminoácido L-glutâmico – presente na Aloe vera, mas pouco comum à alimentação contemporânea – é tão indispensável à regeneração da mucosa intestinal quanto ao processo de reversão dos quadros de senilidade e depressão.

A L-tirosina, igualmente presente no gel da Aloe vera, é precursora dos hormônios tiroxina, melatonina e serotonina – neurotransmissores da tranqüilidade e da alegria de viver, cuja deficiência está relacionada à depressão, agressividade, tendências ao vício do álcool, das drogas etc.

A serotonina é a precursora da melatonina – hormônio produzido pela glândula pineal, o centro superior de processamento de informação eletromagnética, do qual as vias aferentes e eferentes são os meridianos da acupuntura. A melatonina é o antioxidante mais poderoso produzido pelo organismo.

A serotonina e a melatonina têm uma relação de alternância. A primeira predomina quando o cérebro se encontra em estado de alerta e a segunda nos períodos de sono.

O que não se sabia até recentemente é que ambas são secretadas pelas glândulas dos intestinos, e não apenas pela pineal.

As primeiras evidências desse fato vieram das pesquisas do Dr. Michael D. Gershon, autor do livro O Segundo Cérebro,(1) que revelaram dois fenômenos importantíssimos:

As paredes dos intestinos, estimuladas pela fricção das fibras alimentares, secretam a serotonina.

• A serotonina secretada pelos intestinos é o fator de controle do peristaltismo que, em cadências regulares, movimenta o bolo alimentar e as fezes ao longo do trato gastrintestinal.

• As paredes do trato gastrintestinal são recobertas por uma rede de neurônios diretamente responsáveis pela coordenação de todas as funções digestivas que, embora estejam conectados ao sistema nervoso central, têm total autonomia sobre todas as etapas do processo digestivo.

No Brasil, o Laboratório de Pesquisas em Neurônios Entéricos da Universidade Estadual de Maringá, vem se destacando como centro de pesquisa no assunto.(2) De acordo com o seu coordenador, Dr. Marcílio Hubner de Miranda Neto, os neurônios, tanto do cérebro como dos intestinos, são basicamente de três tipos:

1-Associativa conduzem as informações a serem processadas.
2-Motora respondem aos estímulos.
3-Sensitiva captam os estímulos do meio ambiente e os levam aos centros nervosos.

O intestino é o único órgão capaz de funcionar de modo totalmente independente do sistema nervoso central.

A autonomia vem de sua habilidade em produzir arcos reflexos – intertransmissão de estímulos entre os neurônios sensitivos, associativos e motores – que tanto lhes permite captar as informações, como processá-las e responder de acordo com a necessidade do momento.

Em outras palavras, os intestinos também pensam, decidem e executam tarefas tal qual um cérebro.

Torna-se, portanto, óbvia a relação entre os intestinos saudáveis e a sensação de autoconfiança e de auto-estima, e porque os que padecem de prisão de ventre têm problemas relacionados à autoconfiança e à auto-estima. Isso explica porque o sistema floral de Bach indica o Crab Apple tanto para aumentar a auto-estima como para combater a prisão de ventre.

Sob a batuta dos neurônios entéricos, os alimentos devem percorrer o tubo digestivo a uma velocidade ideal, para que o bolo alimentar ou fecal não fique retido, em lugar algum, mais do que o tempo necessário.

Qualquer alteração física ou mental se reflete na aceleração ou desaceleração dos movimentos peristálticos – diarréia ou prisão de ventre –, cuja cronicidade gera conseqüências desastrosas.

• Diarréia

- Desidratação e perda de sais minerais, cuja conseqüência mais imediata é o desequilíbrio ácido-alcalino.

- Perda da fluidez dos humores, dificultando a desintoxicação, nutrição, oxigenação das células e dos humores e controle sobre metabolismo celular.

- Deficiência dos sucos digestivos, promovendo a má digestão, as inflamações intestinais, a perda da permeabilidade da mucosa intestinal, exaustão do sistema imunitário, subnutrição celular, problemas emocionais e mentais etc.

• Prisão de ventre

- Fermentação, putrefação e oxidação do bolo alimentar.

- Intoxicação do organismo e congestão hepática'.

- Disbiose da flora intestinal.

- “en-fez-amento” descontrolado.

- Ressecamento e acúmulo de fezes nas paredes intestinal, impedindo a absorção dos nutrientes devido ao sufocamento da mucosa, promovendo um ambiente propício à flora disbiótica e aos processos infecciosos e inflamatórios.

Sendo 90% da serotonina produzida pelos intestinos, assim termina o Dr. Helion Póvoa seu livro O Cérebro Desconhecido:

Quando analisamos o fato de que o intestino é fundamental na formação da serotonina, nada mais é preciso acrescentar.

A alegria e a inteligência emocional, de que tanto precisamos para viver bem, começam realmente a partir do intestino!

Por isso só nos resta garantir a esse fantástico órgão matérias-primas de primeira qualidade, o que conseguimos com uma alimentação saudável. Ele, inteligentemente, se encarregará de garantir nossa saúde e nossa felicidade.(3)

Por isso, a higiene alimentar e a higienização dos intestinos também são essenciais à prevenção e à reversão dos quadros de distúrbios emocionais e problemas mentais que, segundo estatística um tanto benevolente, hoje atinge 25% da população mundial.

Os alimentos, portanto, podem estar fazendo com que os intestinos padeçam e a alma chore. Nesses casos vale a pena recorrer ao socorro da Aloe vera. Devido à sua ação sobre a rede neural entérica da mucosa intestinal, ela promove a produção da serotonina e da melatonina, assim como o peristaltismo.

Aumenta a qualidade do sono, a sensação de bem-estar, o otimismo, o bom humor, a capacidade de atenção e de raciocínio. Os pensamentos ficam mais leves e a vida mais prazerosa.
REFERÊNCIAS:
(1)Gershon, Michael D. O Segundo cérebro. Ed. Campus, Rio de Janeiro, 2000.
(2)http://www.aduem.org.br/revista/revista_ocerebrodointestino.htm
(3)Póvoa, Helion. O cérebro desconhecido. Objetiva, Rio de Janeiro, 2002
E aí? gostaram? Bem... eu ando pesquisando sobre o bordeline de novo... como alguma de vocês sabem já algum tempo eu tenho trocentos diagnósticos não-definidos... é uma merda... e tenho visto o bordeline com outros olhos... o link deste blog pra quem quiser ir e fuçar é:
Eu, particularmente estou amando ler ele... meus diagnósticos variam entre bipolar, bordeline, ansiedade generalizada mas todos os médicos me vêem com algum transtorno de personalidade... aff... eu tenho me achado mais border, sei lá... eu só não me corto mas me multilo de outras formas... depois eu falo sobre isto...
E agora, pro post ficar ainda MAIS GIGANTE rs... um vídeo incrível de uma psicóloga comportamental falando sobre o bordeline:
personalidade borderline 
É isso por enquanto... o post é longo mas é interessante, espero que tenham lido!
Beijos
.
.
.

9 comentários:

  1. Vi um programa uma vez que a mulher, obesa, dizia que a comida era como se fosse "um abraço por dentro", ela gostava de sentir a comida quente e comia sempre porque não tinha ninguém pra cuidar dela, algo assim.
    Post bem elaborado, gostei ;)

    ResponderExcluir
  2. Comida está completamente relacionada com o aspecto emocional!! Em termos nutricionais ninguém mais, nos dias de hoje, precisa comer pra viver apenas... tem toda aquela coisa do conforto, das sensações, das memórias, do alívio.... É um trabalho lento, difícil e que precisa de muita persistência para controlar um pouquinho a cabeça(porque ninguém controla completamente a mente!) Haja paciência e persistência..... Mas melhorar é sempre possível! Coragem!!! ò.ó
    POis é.... o corpo fala..... e o intestino grita! >_< O modo como você trata o intestino, tudo o que você come, reflete no corpo todo.... dor,desconforto, fraqueza, espinhas, pele ressecada, mau humor.....

    ResponderExcluir
  3. post bacana por d++.. é ate um alerta, uma ajudar muitoo bacana.. curtiii muitoo msm..
    ja fui obesa tipo grau 1.. e sei como via a gordura me " abraçando"

    bjuuu to seguindo d volta amor.. força força força q chegaremos laa rapidinhuu *-* :*

    ResponderExcluir
  4. Flor, confesso que não li o post, mas eu ja li td que se a pra ler sobre border, então qualquer informação mais eu ja estou ciente... Eu não sabia que vc era border, não imaginaria na verdade, acreditava que vc tinha depressão, mas ser border é uma coisa terrível...
    Não se preocupe, estamos juntas nessa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá querida! Acabei de conhecer seu blog e gostei muito!!
    Legal vc morar em Curitiba, pois conheço uma pessoa daí que certamente poderá te ajudar (na verdade em Quatro Barras, bem perto de Curitiba). Você já ouviu falar na ordem Vidya Yoga http://vidyayoga.org/ ??
    É não apenas uma escola de yoga. É uma ordem, que me ajudou muito. Eu também sempre tive problemas com peso (ainda tenho, mas hoje, depois de conhecê-los, me sinto muito mais focada para atingir meus objetivos e determinada). Infelizmente, seu caso abrange diversas dificuldades, por causa dos seus transtornos. Mas tenho certeza de que vc encontrará seu caminho para se desintoxicar do vício da comida.

    Enfim, quando vi a sua descrição achei que poderia te fazer bem. Eu não faço parte da ordem, sou só uma aluna e não ganho nada com isso, estou falando de coração. Claro, não é uma solução milagrosa, mas acho que vale a pena tentar, ir em uma das unidades para conhecer o trabalho deles.

    Caso queira entrar em contato, meu Blog é www.weightlosslivia.blogspot.com.br
    Beijos! Força!!

    ResponderExcluir
  6. Flor, comecei a ler o post como vc havia recomendado, mas fiquei triste antes da metade...
    Pois vc fala muito sobre as responsabiliadades que temos que que tomar e tudo mais... e que tudo depende do que n´s queremos e fazemos, da nossa titude...
    Isso só me faz pensar que vc realmente não é border... Se não não acreditaria nisso...
    Todos os dias eu tento ser diferente, fazer as coisas da form certa e assumir minhas hiperativdades, mas as vezes não sou capaz...
    É muito facil falar para as pessoas pararem de se sentirem um lixo e ir em frente quando não se sabe o que elas passam...
    Ha momentos em que consigo pensar em tudo isso e me sentir bem, mas logo todo esse pensamento se perde no buraco negro que tenho na cabeça...

    Tipo, não to sendo grossa, falo isso mas em um tom suplicante que qualquer outra coisa...
    Nesse momento me sinto triste, por mais que seja obrigada a sorrir...
    Obrigada pelas dicas e pelas mensagens de motivação, mas hj nada me animou ou me fez olhar pra frente...

    Desculpa...
    Beijos e te adoro..

    ResponderExcluir
  7. Oi florzinha, nossa, 2 meses depois eu respondendo seus comentario.
    Passando rapidinho pra avisar que voltei e que pretendo ficar.
    Mesmo que os blogs estejam meio caidinhos.

    Conta comigo sempre.
    beijos.

    ResponderExcluir